quarta-feira, abril 05, 2006

Rastreio Auditivo

Tem estado uns dias tão bons.
Então porque é que logo no dia em que eu nós tínhamos mesmo que sair de casa é que começou esta chuva toda?!
Fomos á Maternidade, fazer o Rastreio Auditivo da Beatriz.
Depois de quase uma hora á espera e de encontrar duas ex-companheiras de quarto, lá fomos.
Um teste um pouco estranho, devo confessar.
Tinha que haver silêncio absoluto, e tentaram adormecer a Beatriz e tudo.
Eu, caladinha que nem um rato, via ali a minha filha com três médicos em cima e sem perceber patavina.
Puseram-lhe uns tubos nos ouvidos, e ficaram a olhar para a máquina que estava na extremidade do dito tubo.
Ela começou a ficar inquieta, puseram-lhe umas gotas na chucha para ela se calar.
"São umas gotinhas doces", disse-me a enfermeira.

Depois disseram-me que estava tudo bem e que podia ir embora.
E fomos.

E hoje não escrevo mais porque não estou nos melhores dias...
Há certas decisões que me apetecia que tomassem por mim, porque enfrentar as consequências da decisão errada vai-me deixar de rastos.
E eu não sei qual é a decisão errada.

13 Comments:

Blogger SweetDark said...

Oh miga, espero que amanha já estejas menos em baixo! Eu tou a melhorar, o estomago é q continua a aceitar pouca coisa! :D Bjinhos grds ainda bem que está td bem c a Bia!

PS:Sim aquele xarope de cenoura é optimo :D

quarta-feira, 05 abril, 2006  
Blogger Cláudia said...

Olá Ana!
Ainda bem que correu tudo bem com o exame da Beatriz!
Quanto às decisões...tenta ver qual é a melhor, pede ajuda das pessoas que estão mais proximas!
Espero que consigas resolver tudo o que te atormenta!
Beijocas grandes para os 2 adultos e 1 enorme para a Beatriz

quarta-feira, 05 abril, 2006  
Blogger Filipa said...

Dorme sobre o assunto as vezes ajuda

quarta-feira, 05 abril, 2006  
Blogger soldeinverno said...

realmente é estranho que um teste á audição seja feito a dormir!

espero que tenhas tomado a decisão certa....ás vezes quando dormimos sobre o assunto aclaramos as ideias..

beijokas

quinta-feira, 06 abril, 2006  
Blogger veliam said...

olha Ana tu fizeste o que achaste melhor para a Beatriz, pois nós queremos sempre o melhor para os nossos filhos.
Quanto ao rastreio auditivo eu faço-o em casa, estimulando a bébé com sons e as minhas filhas sempre reagiram os sons se achasse que não, procurava ajuda médica. Faço o mesmo eu relação à visão.

Beijinhos

quinta-feira, 06 abril, 2006  
Blogger Clara Sonhadora said...

Só te digo: nada de precipitações, para o que quer que seja.

É difícil tomar certas decisões, mas a vida é cheia delas - uma das maiores já a tomaste e abraçaste cheia de força, portanto acredito que o que te apoquenta em breve será passado.

1 beijo

quinta-feira, 06 abril, 2006  
Blogger mãe gabi said...

e nunca é facil tomar decisões ficeis!

quinta-feira, 06 abril, 2006  
Blogger Sónia Sousa said...

a tua bebé nasceu na MAC, certo? eles promovem esse tipo de rastreio e o que é avaliado através da tal máquina é a emissão de ondas de som (veiculadas nos ouvidinhos do bebé), assim como o respectivo retorno - o que significará que o bebé não tem problemas de audição.
Ah e as gotinhas doces são AERO-OM.
1 abraço,
Sónia
Doula

quinta-feira, 06 abril, 2006  
Blogger Jane & Cia said...

Não há decisões erradas, decisões são decisões, nunca irás saber o que iria acontecer se tivesses tomado outra opção, mesmo que aches que deu errado a outra opção podia ter sido pior ;+)
E...
Escreve.
Sofro do mesmo mal, mas já recomecei, comecei com traduções, e agora estou a escrever duas peças que espero ver realizadas.
Às vezes, o melhor mesmo é começar!!!

quinta-feira, 06 abril, 2006  
Blogger Carla Isabel said...

Estamos iguais amiga...decisões hoje tá dificil!

Bjs

Carla

quinta-feira, 06 abril, 2006  
Blogger Mamã trintona said...

Todas as decisões que tomamos poderão estar erradas. Nunca saberemoso que poderia acontecer se tomássemos a decisão contrária. Seja o que for, espero que corra bem.
Joquinhas
Sofia

quinta-feira, 06 abril, 2006  
Blogger a mãe dos miúdos said...

seja qual for a decisão e as consequências, que seja tomada em paz. isso é meio caminho andado

sexta-feira, 07 abril, 2006  
Blogger Sandra J. said...

Seja qual for a decisão que seja a melhor. Pelo menos no momento em que escolhes é a melhor porque depois também não sabes se a outra não seria pior ainda.
Bjs

sexta-feira, 07 abril, 2006  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home