domingo, março 12, 2006

...

Porque é que é tão importante a opinião alheia?!
Porque é que [quase] toda a gente tem tanta necessidade de mostrar que está bem, quando não é bem assim?! Porque é que aquilo que os outros pensam é tão importante?!

Eu não era assim, não era mesmo.
Antes, estava pouco me lixando para o que os outros pensavam. Nem os que estavam próximos de mim tinham voto na matéria. Ninguém mesmo.
Só que já não sou assim... Apercebi-me disso hoje. Ou então já me apercebi há algum tempo e só hoje quis admitir.

Não entendo. Sinceramente.
Quando comecei este blog, divulguei-o a pessoas que conhecia. Família e amigos.
Arrependo-me profundamente. Porque não estou á vontade para dizer tudo o que quero.
Este não é um Baby Blog a 100%. Se calhar só o é a 70%. Ou nem isso.
Este blog (apesar do título) é meu. Eu escrevo aqui o que eu quero (ou deveria escrever), sobre a minha vida.
A minha filha ocupa todo o meu pensamento, e não há como não falar dela, nem como não registar todos as suas evoluções.
Então porque é que não escrevo um diário com cadeado e folhas a cheirar a frutos para falar só de mim?!
Um diário onde possa falar sem qualquer restrição, sem qualquer censura...

Por isso mesmo.
A opinião dos outros interessa-me. A vossa opinião interessa-me.
E faz com que eu não seja 100% sincera. O que iriam vocês pensar se eu fosse totalmente sincera?
"Esta gaja é doida!!"
"Mas isto não cabe na cabeça de ninguém!"
"O que é que ela está para aqui a dizer?"

Quando começei a sentir isto, achei que era pelas pessoas que me conhecem pessoalmente. Que era por saber que, de vez em quando, vinham aqui espreitar, que não me conseguia sentir completamente livre para dizer o que penso.
E pensei em mudar o endereço do meu blog, como já vi fazerem.
Mas depois cheguei á conclusão de que não ia adiantar.
Porque me preocupo com a opinião de pessoas que não conheço, que nunca vi na vida e que, provavelmente, nunca vou ver. Mas porquê?!
Tantas foram as vezes em que apaguei posts inteiros (publicados durante alguns segundos) por achar que estava a ser sincera demais, que me estava a habilitar a ler uns quantos comentários menos agradáveis.
E depois?! Que interessava isso?! Que digam o que quiserem! Se me incomodar apago. E pronto.
Parece simples. Mas prefiro apostar na imparcialidade dos meus posts.
Sou muito fundamentalista [e extremista] nas minhas opiniões. Por vezes, sou também pouco tolerante.
É melhor assim.
Ainda agora, estou a pensar se não será melhor deixar este post em draft, para me lembrar dele de vez em quando.
Afinal ninguém está muito interessado em ler isto (Lá estou eu!).

Vou publicar.

Obs: Este post estava, de facto, em draft há três dias.

15 Comments:

Blogger eu said...

Olá miga. Dou-te 100% de razão. Tb eu estou TÃO arrependida de ter dado a morada do blog a conhecidos...
Já pensei numa maneira de mudar...mas qual? Acabavam por descobrir na mesma não era?
Beijocas

domingo, 12 março, 2006  
Blogger Mamã trintona said...

Olha, miga
como já deves ter reparado, estou-me borrifando para aquilo que possam pensar de mim quando escrevo alguma coisa menos boa. Quanto aos comentários destrutivos, desde que activei a moderação de comentários, deixei de me preocupar com isso. Apago-os e pronto (alguns nem sequer leio desde que venham com determinadas asinaturas)(ainda hoje me recusei a publicar um).
O blog que criámos, é o NOSSO blog e ninguém tem nada a ver com aquilo que escrevemos. Quem não gostar, só tem um remédio: clica no X que está no canto superior direito do ecrán e não volta mais que é isso que faço quando entro num blog do qual não gosto.
Não te preocupes tanto com o que os outros possam pensar/dizer. Vive a tua vida e sê feliz. Desde que adoptei essa máxima que me sinto mais feliz e independente. É que nasci numa vila onde toda a gente se conhece e tinha de viver apenas em função daquilo que as pessoas achavam correcto e sempre com medo de cometer um deslize e ser criticada. Isto até descobrir que as pessoas que mais mal diziam, eram aquelas que tinham o rabo preso. Então acabou-se. Faço o que quero e me apetece e só tenho mesmo de dar satisfações ao meu marido.
Espero que não seja muito confuso o que acabei de escrever.
Joquinhas e resto de bom Domingo
Sofia

domingo, 12 março, 2006  
Blogger acnp said...

Ainda bem que és axim, tal e qual cmo és e tens de ser..pk és TU! A tua sinceridade e frontalidade, essa Maffy sem papas na lingua que eu conheci em Setembro do ano passado tem um lugar mt especial no meu cantinho dos amigos! E é por seres axim... lembro-me perfeitamente de ter gostado da tua maneira de ser, sempre mto directa e despachada. És uma pessoa mto "particular"...continua tal e qual cmo és e passa tudo isso a essa menina linda que é a tua filhota e do Tiago.

Bjokas grands da tua amiga.

domingo, 12 março, 2006  
Blogger Bekas C. said...

È uma coisa esquisita... essa de nos preocuparmos com o que os outros pensam/dizem, mesmo quem não conhecemos!Desde que estejamos "de bem" com a nossa consciencia o resto não importa nada. Mas, quantas vezes pensamos que estamos certas e afinal alguem nos consegue mostrar que não estamos? Será esse o medo que nos faz não ser 100% verdadeiras?
E ao dizermos tudo o que pensamos, não estaremos a dar a conhecer partes de nós que afinal não queriamos que ninguém conhecesse?
Vais encontrar o equilibrio que precisas!!
Beijinhos para vocês!

;)

domingo, 12 março, 2006  
Blogger Avozinha said...

É a primeira vez que aqui venho parar e... que belo blog! Ou melhor: que bela transposição dos receios e pensamentos de tanta gente que tem um blog, por exemplo, eu mesma.

domingo, 12 março, 2006  
Blogger SweetDark said...

Pois...como somos parecidas! Vou dizer-te isto e ler algumas vezes para interiorizar, pois é uma lição tb para mim! ESQUECE! NINGUEM TEM ND A VER..O BLOG É TEU, VOSSO, QUEM NÃO QUISER LER, FECHA A JANELA...E NÃO VOLTA!N TE PREOCUPES COM OS OUTROS! :D bjinhos amiga ***

domingo, 12 março, 2006  
Blogger Rute&ZéAfonso said...

Eu sinto exatamente o mesmo que tu...ás vezes há coisas que queria desabafar com vocês no blog,e não o faço porque caí na asneira de dar o endereço do blog a alguns familiares que julgava amigos...

Mas agora azar...não há nada a fazer!Só me resta falar das pessoas sem revelar os nomes, e se lhes servir a carapuça,paciência!

Beijoquinhas e tudo de bom

segunda-feira, 13 março, 2006  
Anonymous Nosso Mais Que Tudo said...

Ola!!E a primeira vez k visito o teu blog, e nao pude ficar indiferente a este post...Eu sou apologista k devemos ser sinceros acima de tudo!!Deves aceitar a opiniao dos outros de uma forma construtiva, mas deves ser sincera para ctg, principalmente.ja bem basta no dia-a-dia termos k ser brandos com as palavras para nao magoarmos ou chocarmos as pessoas, mas aki, neste cantinho k criaste para ti e para a tua Beatriz, es livre de escrever o k pensas e sentes...E para isso k servem os blogs: para "expulsarmos" o nosso lado mais timido, conservador... para dizermos o k sentimos... E nao te eskeças, se as pessoas te visitam, e pk gostam de ti, independentemente de seres mais ou mens sincera... Força e parabens pela tua menina tao linda, com nome de rainha!!!!!Beijinhos e bom começo de semana

segunda-feira, 13 março, 2006  
Anonymous Sandra said...

Às vezes também penso se deveria escrever determinadas coisas que depois me possam criticar mas na maioria dos casos vou em frente.
Parabéns pelo teu blog que eu tanto gosto de ler e parabéns pela força que tens e pela linda menina!
Bjs

segunda-feira, 13 março, 2006  
Anonymous ana said...

Ana: Este blog é o teu cantinho. Felizmente (ou infelizmente) estamos numa sociedade em que existe a liberdade de expressão, que às vezes pode ter lado reverso da moeda: ser bastante critica. Temos que separar por vezes o que pensamos do que dizemos ou escrevemos, para não sermos mal interpretados. Afinal, só nós mesmos é que temos capacidade de nos avaliar, pois sabemos as causas que nos elvam a dizer ou escrever de uma certa maneira.
Sabes uma coisa que funciona comigo? Todos os dias, quando estou sozinha em casa, ponho-me a falar à frente do espelho e acredita que funciona desabafar comigo mesma. Experimenta. beijinhos

segunda-feira, 13 março, 2006  
Blogger Ana Santos said...

Olá,
Cheguei aqui atravéz do blog da Rute da pérola do Atlântico.
Muitas felecidades para criares a tua menina que é muito linda.
Beijinhos
Ana e tesourinho + anjinho
http://tesouro-precioso.blogspot.com
http://lugar-meu.blogspot.com

segunda-feira, 13 março, 2006  
Blogger eu-sei-lá said...

Quando resolvi fazer a minha barraquita virtual não foi só com o objectivo de fazer uma espécie de diário, mas também para trocar experiências. Quem não gostar de ler, não volte. Beijocas
Ruth+Diogo

segunda-feira, 13 março, 2006  
Blogger mãe gabi said...

o blog é teu e eu acho que deves mesmo escrever o que quiseres e te vai na alma, sem te importares com os outros, quem nao gosta do que le ou nao volta ou nao comenta.
eu penso assim!desculpa a sinceridade...voltarei aqui sempre!jinhos para voces!

segunda-feira, 13 março, 2006  
Blogger Sofia Macedo said...

Quem não gostar do que leu, azar! Os blogs servem para isto mesmo, não é? Para nos expressarmos, para dizermos o que sentimos; no fundo, quem somos.
Ana, deixa cair a máscara e não tenhas medo do que os outros possam pensar ou dizer!
Neste mundo faltam mais pessoas autênticas, honestas e transparentes.
É um facto que às vezes tememos ferir a susceptibilidade de alguém, mas por vezes é inevitável! "Não se pode agradar a gregos e a troianos", certo? ;)

Muitas jocas,

Natacha

PS - A Beatriz está linda. E como é possível que já tenha quase dois meses?!

segunda-feira, 13 março, 2006  
Blogger Loira said...

Olá Ana! Sinto exactamente o mesmo q tu... Já tinha outro blog, onde praticamente não escrevo por causa disso. Não csg ser 100% sincera, pq sei q existem uma série de pessoas q me conhecem e vão ler...
Tb dou, pelos vistos, muita importância ao q os outros pensam...
Por causa disto, qd criei o blog do Zezinho, não disse a ninguém... Apenas o Zé e mais uma pessoa q conheço "de facto" é q sabem da existência dele... isto faz-me sentir um pouco mais livre, mas mesmo assim condicionada...
Por vezes, a minha relutância em conhecer pessoas através disto tb tem a ver com os pontos anteriores. Se passarem a ser minhas amigas de facto, a conhecerem-me realmente, poderão decepcionar-se com o q penso...
Enfim, nunca fui mto boa a receber críticas e, especialmente, não gosto q as pessoas q me conhecem saibam td da minha vida... estranha? Talvez...
bj*
loira e Zezinho
PS. Pode parecer incongruente, mas adicionei-te no msn!

segunda-feira, 13 março, 2006  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home